Arquivo da tag: testes + scrum

O papel do tester em várias fases de um projeto Scrum

O Scrum é composto por várias fases durante o processo de desenvolvimento do software, contando com a criação do Product Backlog, Planejamento da Sprint e muito mais.

Uma das vantagens do Scrum na minha visão é que permite uma maior iteração entre os membros da equipe, incluindo o Tester!

Vale ressaltar que algumas atividades podem variar de acordo como cada equipe trabalha, porém ao meu ver devemos aproveitar ao máximo as pessoas da equipe para que possam atuar cada vez mais no time.

Portanto neste artigo abordarei sobre a experiência que estou passando com meu time atual e minha visão do que mais poderia ajudar.

Vamos começar pelo início do projeto, quando temos nossos primeiros contatos com o cliente, no levantamento para o Product Backlog. Nesta fase o Analista de testes pode auxiliar o Scrum Master levantando dúvidas pertinentes e começando a adquirir um conhecimento sobre o que está por vir para o desenvolvimento do Software.

No Grooming e na criação de critérios de Aceite é uma fase muito importante, pois ajuda a ter conhecimento sobre as Regras de Negócio e as características do sistema. Na minha opinião, se um Critério de Aceite bem elaborado já é melhor que um documento de Caso de Uso para entendimento do negócio, poder participar de uma reunião dessas é melhor ainda! Isso nos auxilia para o planejamento dos Testes futuros e possuir um melhor embasamento para a Planning.

Outro ponto que podemos ajudar é na definição de como o sistema irá funcionar, pois muitas vezes a forma que o cliente especifica o sistema não será de fácil uso, cabendo a nós tentar se passar pelo papel de usuário e dar sugestões para deixar o sistema prático.

Na reunião de Planning, podemos atuar junto ao time na estimativa, ajudando a decidir o que poderá ser feito na sprint. Não é porque não estaremos desenvolvendo que não podemos participar das estimativas, pois temos que levar em consideração a complexidade da funcionalidade e o nosso tempo para planejamento e realização dos testes.

Em alguns casos necessitamos de mais tempo para testar do que desenvolver, pois muitas vezes precisamos testar o layout de uma aplicação Web em vários navegadores, criar vários cenários para garantir que aquela Regra de Negócio esteja correta e retestar os defeitos que foram surgindo durante o desenvolvimento.

Portanto, é muito importante participarmos da planning para que fique claro o motivo da estória X possuir um valor mais alto para o Tester.

Durante a Sprint inicia nosso trabalho de planejamento, identificar e criar nossos cenários para conduzir os testes, além disso podemos acompanhar o desenvolvimento, tentando antecipar caso exista alguns defeitos para que já sejam corrigidos!

Se possível comente com a pessoa que liberou para testes algo que ela criou se realmente ficou bom, principalmente quando é algo difícil e não houve muitos problemas, afinal reconhecer um bom trabalho sempre é bom e não precisa surgir somente de superiores!

Na daily, como todos os outros membros da equipe temos a missão de passar nosso status para o time. Nessa hora é muito importante passar um feedback do status dos testes, como está o sistema, se está surgindo muitos defeitos ou se existe algo que te impede de realizar algum teste, como por exemplo, um defeito impeditivo ou até mesmo o sistema fora por um bom tempo.

Final de Sprint e vamos para a Demo! Nesta fase a atividade é simples e clara, apresentar para o cliente o que foi desenvolvido durante a sprint! Nesta hora também é importante coletar a opinião do cliente para saber se tudo está de acordo como ele deseja e se está satisfeito com o resultado.

Para completar, vamos para a Retro para coletar as considerações de cada membro da equipe sobre a sprint. Nas suas indicações sobre o que temos que continuar e o que precisamos melhorar sobre como foi os testes, como por exemplo, se houve muitos defeitos graves que envolviam regras de negócio ou simples ajustes, como foi a correção dos mesmos, foi rápida e efetiva ou no reteste dos defeitos o problema persistiu ou surgiu outro defeito em consequência, etc.

Como podemos ver, o Tester pode ajudar em várias fases de um projeto que roda Scrum, não ficando somente na atividade de planejar e testar, agora cabe a equipe envolvê-lo mais e claro, haver uma pró-atividade do próprio!

Caso você  tenha alguma dúvida sobre Scrum e esteja iniciando seus estudos, você pode conferir um artigo que criei quando comecei a estudar sobre o assunto: Clique aqui.

Gostaria de aproveitar para agradecer a um amigo pela revisão do artigo, obrigado pela ajuda Elton Saheki!

Até a próxima!

Vinicius Sabadoti